domingo, 13 de junho de 2010

Ying & Yang

Sao as orelhas da mesma cabeça, que apontam pra lados de diferentes.
Ying e Yang se entendem.
Se acham bonitos.
Acham bonito serem queridos.

Ying e Yang bebem cerveja e champanhe.
Ying e yang rolabolam nas escadarias.
Sobem montanhas e colinas.
Mas ying e yang tem pontas, se ferem na fragilidade do "sem querer".
A vida ama você.

Se mesclam nesse ser estranho, infame.
De um fervor de enx (ou seria ch?)ame.
Vida, me ame.

Hoje eu acordei com certo medo de coincidencias.
Breves perturbacoes, mera audiencia.
Sugaram-se pra um lugar. Qual? o que quiser... desde que seja longe daqui.


3 comentários:

Golias Killer disse...

Ying e Yang são lados opostos da mesma moeda. Um completa e absorve o outro. Sem Ying não há Yang e vice-versa.

Bia F. disse...

talvez ying e yang só existam por estarem aqui.

Camila disse...

Hoje eu acordei com certo medo de conhecidencias.